Como fazer uma foto com Bokeh

10:03:00

No primeiro post desta série eu expliquei o que é o Bokeh, dei até a etimologia da palavra. Agora, vou mostrar o básico necessário para realizar esta técnica.

Para começar, o equipamento:

Você vai precisar de uma câmera fotográfica (óbvio), uma lente com um diafragma bem aberto (tipo uma f/2.8) ou uma teleobjetiva (porque ela também permite fotografias com baixa profundidade de campo), luz e pessoas ou objetos para “brincarem” com você.

Mantenha o seu objeto em foco.

O “resto” é bokeh. Ok, vamos pensar em composição para que isso funcione. Temos esta bela foto de um garotinho, feita por Daniel Flather.
400px-Thumbs_up_for_bokeh
Thumbs up for Bokeh, de Daniel Flather
O fundo está extremamente desfocado e o resultado é agradável aos olhos. Não há muitas daquelas “bolinhas de luz”, ainda assim se caracteriza como bokeh, porque é um desfocado agradável, que transforma o fundo da foto em um borrão e mantém o garoto em foco.

Já nesta foto de Max com o pai, feita por mim no Jardim Botânico, é possível ver as “bolinhas de luz” através das folhas das árvores:



Flather usou uma lente teleobjetiva e um diafragma bem aberto. Eu estava com uma teleobjetiva também, mas não tinha a opção do diafragma tão aberto. Ainda assim, veja que, por causa da distância, a luz das árvores está bem desfocada.

Um ponto importante é que o seu objeto esteja distante daquilo que não estará em foco, para que a luz tenha esse aspecto circular e agradável. A distância dependerá da sua situação. Pode ser vários metros, como na foto de Max, ou de vários centímetros, como no gatinho abaixo:


“Ok, Fernanda. Entendi o que é bokeh e como faz… Mas e essas estrelinhas?”

Ah, isso fica para o próximo post! Vou explicar como fazer estrelinhas, coraçõezinhos e outros inhos com a luz. Enquanto isso, fique com um bokeh à luz de velas e confira o texto da próxima segunda.


You Might Also Like

0 comentários

Curta no Facebook

500px