Essencial?

08:30:00

Na semana passada fui a dois eventos de fotografia, fotografei uma banda tocando, editei as imagens de um casal de noivos e ouvi e li diversas informações de diversas fontes falando do que é essencial para fotografia.

A frase com que eu mais concordo é a de Evandro Teixeira. Ele disse em sua palestra que é importante o fotógrafo ser esperto. E o cara foi mais do que esperto nos trabalhos dele, dos quais espero falar em outra ocasião. Acaba que o essencial na fotografia é o fotógrafo.

É bom ter várias lentes, tripé, flashes, rebatedores, geléias e fundos infinitos, sem dúvida! Mas não dá, para a maioria dos mortais, para ter tudo isso, então resta uma alternativa: ser esperto. Se virar com o que tem e construir o caminho para adquirir qualquer equipamento extra que venha a precisar. Não é ficando quieto que se consegue isso.

Saia por aí, dê seus cliques, seja criativo e descubra as possibilidades do que tem em mãos. Seja esperto não só diante dos cenários e acontecimentos.

Estranhamente esse momento reflexivo me veio por causa da palestra de um outro fotógrafo, que literalmente compartimentabilizou o trabalho dele e parece trabalhar apenas em certas condições. Isso de não trabalhar em situações adversas nunca meio que amolece a gente ao invés de fazer crescer.

Não digo procurar sarna para se coçar, mas explorar as possibilidades de uma luz difícil ou muito dura, não fotografar de noite para não usar o ISO alto... Aproveita que é digital, e não filme, para testar uma coisas novas! Ao menos para aprender algo funciona.

You Might Also Like

0 comentários

Curta no Facebook

500px